Sopa de carne à moda da aldeia

Hoje trago uma sopa que adoro desde pequenina. Costumava-se fazer em casa dos meus avós e pais dos dias seguintes à matança do porco. Com esta sopa aproveitavam-se os ossos do espinhaço.
Quando a fizerem verão que é tão deliciosa como nutritiva, eu costumo dizer que aquece o corpo e o a alma.


Ingredientes 

+/- 1 kg de ossos do espinhaço 
1/2 chouriço 
Farinheira ( facultativo)

Legumes a gosto
( cenoura, feijão, couve, cebola, alho-frances, batata, ervilhas....)

Preparação

  • Nota: Quando comprarem os ossos peçam que venham com alguma carne .
  • O chouriço , quanto mais qualidade tiver melhor o sabor que dará à sopa.
  • TODOS os legumes são cortados em pedaços muito pequeninos (eu como auxiliar tive a minha faca de chef da Nicul ) os que nomeei são meramente indicativos, cada pessoa pode colocar o que tem em casa ou o que gosta.
  • A farinheira é facultativa, como cá em casa gostamos muito coloco sempre uma, mas NUNCA se coze junto com a restante sopa para que esta não fique com gordura em excesso.
Temperar os ossos com sal durante algum tempo e deixar no frigorifico.

Colocar numa panela água a ferver , quando estiver em ebulição adicionar os ossos. Deixar cozer até que a carne fique macia. Retirar e reservar.


Enquanto os ossos cozem, preparam-se os legumes, a variedade fica ao gosto de cada um mas o corte deve ficar pequenino porque a sopa não é triturada.
O chouriço também se corta em pedaços tão pequenos como os legumes.


Quando retirar os ossos, coa-se bem o caldo para retirar qualquer ossito que se tenha soltado e volta-se a verter para a panela, colocam-se todos os legumes e os pedaços de chouriço e deixa-se cozer bastante bem .

Na hora  da refeição, a sopa acompanha com os ossos e a farinheira cozida....cá em casa não comemos mais nada nesta refeição.



Bom apetite!




Sem comentários:

Publicar um comentário