sábado, 6 de fevereiro de 2016

Hoje o tema é sobre o Vinho


Hoje vamos falar sobre Vinho!


Foto Pinterest

Porque um amigo na cozinha é geralmente amigo de um bom vinho, o tema de hoje é precisamente sobre aquele que é conhecido como o néctar dos deuses, que tem uma importância histórica inquestionável e um lugar cativo deste tempos remotos na literatura, mitologia, religião, ciência e… gastronomia. Sim, porque é sobejamente conhecido que um bom vinho ajuda a apreciar um bom prato!
Os enólogos atribuem a sua origem a um acaso, quiçá após alguém acidentalmente se ter esquecido de um pequeno número de uvas amassadas dentro de um qualquer recipiente. E desta singela e feliz coincidência surgiu então esta bebida, que tem hoje o seu papel mais do que assumido na vida dos homens, nas sociedades e na própria vida em sociedade.
Bom, mas vamos lá conhecer melhor o Vinho?


Como se produz
Muito sucintamente, o vinho é um produto obtido através da fermentação alcoólica total ou parcial das uvas frescas (pisadas ou não) ou do mosto de uva, sendo que a sua qualidade é determinada pela própria qualidade dos cachos e das suas características particulares.
Consequentemente é de extrema importância determinar a data certa da vindima, pois dado que a uva vai transformando os seus ácidos em açúcar e aumentado a previsibilidade do álcool, uma vindima precipitada vai resultar num vinho desequilibrado com muitos ácidos, poucos açúcares e baixo teor de álcool, enquanto uma vindima demasiado tardia dará um vinho rico em álcool mas com pouco acidez. Assim, cada casta tem o seu equilíbrio de açúcares/ácidos e cada produtor tem de saber encontrar a relação que mais lhe interessa.


O Vinho à mesa
Imagem de livre utilização (pixbay)


Quase toda a gente sabe que o Vinho deve ser servido à mesa mediante regras básicas: os mariscos acompanham-se com verde ou branco acídulo; o peixe com vinho branco; a carne com tinto; as sobremesas com vinhos licorosos ou espumantes mais ou menos doces.
Outro truque passa por identificar os aromas e sabores do prato e tentar encontrar correspondência nos vinhos, isto é, para pratos aromáticos, vinhos aromáticos; para pratos ácidos, vinhos ácidos; para pratos doces, vinhos doces; etc.
De qualquer forma, e apesar destas orientações geralmente resultarem bem, nem sempre são certeiras e, por vezes, uma má harmonização pode não gerar bom resultado, sobretudo em pratos que saem do tradicional ou até mesmo da própria definição carne/peixe/mariscos.
Assim, por exemplo, para os aperitivos o acompanhamento ideal é um Moscatel, um vinho do Porto ou vinhos brancos leves e aromáticos. Entretanto, sendo o branco ideal para o peixe também se adequa um rosé, embora a sardinha em particular peça um vinho verde. Os saborosos pratos italianos, como o risotto, pedem vinhos brancos macios e com boa acidez, sendo que as saladas temperadas com vinagre ou limão são melhor saboreadas com um vinho de maior teor de acidez. Para o tão requisitado sushi, o ideal é optar por vinhos brancos, leves e frescos, bem como rosés ou espumantes.


Sugestões de vinhos para 2016
Foto livre de direitos (picjumbo)

Não sendo particular especialista, já que estamos a falar de vinhos, gostaria de deixar aqui algumas sugestões. Para isso, cito o jornal Observador, que no final do ano passado selecionou 10 vinhos para este ano de diferentes regiões, do Dão à Costa Vicentina. Sem querer plagiar, vou então aproveitar (e seguir) as sugestões:
1.      Tiago Cabaço, Alicante Bouschet 2012 — Alentejo
2.      Tyto Alba, Touriga Nacional 2012 — Companhia das Lezírias
3.      Carm, Maria de Lourdes 2008 — Douro
4.      Ribeiro Santo DOC branco Escolha 20,07 — Dão
5.      Quinta das Murças Reserva Tinto 2011 — Douro
6.      Carvalhas Tinta Francisca 2011 — Douro
7.      Casal Figueira António Branco 2013 — Região de Lisboa
8.      Muros de Melgaço Alvarinho 2014 — Região dos Vinhos Verdes
9.      Preto Branco Reserva Tinto 2008, Quinta do Encontro — Bairrada
1.  Vicentino Sauvignon Blanc 2014 — Costa Vicentina
Para além disso, podemos experimentar vinhos galardoados. Assim, fiquem a saber que no ano passado a Wine Spectator - revista norte-americana especializada em vinhos – colocou 5 vinhos portugueses entre os melhores do mundo: Taylor Fladgate Late Bottled Vintage 2009, Blandy’s Bual Madeira 2002, Quinta do Crasto Douro Superior tinto 2012, Duorum Douro tinto 2013 e o Porca da Murça tinto 2013, este último o mais barato entre a centena de vinhos destacados pela prestigiada publicação (cerca de 3€). Já em 2014, a mesma revista tinha eleito o Dow’s Porto Vintage 2011 como o melhor vinho do mundo!


Enoturismo
Imagem de livre utilização (pixbay)

Não queria deixar de falar de outro tema relacionado com o Vinho que considero muito interessante: o enoturismo.
Com efeito, nos últimos anos temos vindo a presenciar o desenvolvimento de uma área do Turismo muito interessante, que se baseia na viagem motivada pela apreciação dos sabores e aromas do vinho, que leva a conhecer a história, tradições e cultura das localidades que o produzem.
Particularmente em Portugal, o reconhecimento dos nossos vinhos tem vindo a ganhar forte projecção dentro e fora das nossas fronteiras, pelo que as adegas e quintas vinícolas reinventaram-se para revelar a sua história a turistas ávidos de experiências marcantes, que apreciam o que é genuíno. Por isso, hoje existem roteiros enoturísticos, quer rurais quer urbanos, que enaltecem o a vinha, a cultura vínica e o nosso vinho.
Neste contexto, e se são bons apreciadores de vinhos, podem participar em provas de vinho organizadas por estas adegas e quintas, que possibilitam aos visitantes, hóspedes e residentes celebrar a arte do vinho e aprofundar a sua cultura enológica.
Aliás, uma prova de vinho não tem mesmo de ser encarada apenas no âmbito comercial ou profissional. Se têm paixão pelo Vinho podem apreciá-lo de uma forma lúdica, organizando uma prova num aniversário ou convívio, ou até mesmo num casamento ou qualquer outra ocasião especial. Neste caso só terão de contratar uma empresa de catering profissional para festas que ajude a recriar o ambiente certo para desfrutarem dos aromas e sabores do Vinho com os vossos amigos!