terça-feira, 22 de maio de 2018

Chanfana de javali

Hoje trago uma sugestão que para muitos será difícil de fazer devido à dificuldade em comprar a carne de javali, mas esta receita pode ser adaptada a veado, borrego ou cabra.  
Na minha aldeia há bastantes javalis, que invadem os campos agrícolas e estragam tudo por onde passam e também muito caçadores, foi um desses que me arranjou esta maravilhosa carne.


Este prato é tradicional da Beira Alta e Baixa , registos históricos apontam para o aparecimento da chanfana em Portugal, aquando das Invasões Francesas no início do século XIX, na região centro, mais propriamente nos distritos de Viseu e Coimbra.
A chanfana é referenciada em escritos desde o sec. XVII ( Miguel de Cervantes, Nicolau Tolentino e Miguel Torga), que referem a esta iguaria como um prato de subaproveitamento, que teria aparecido do povo. Os que tinham menos poder económico aproveitavam tudo o que poderia originar uma boa refeição, tudo que tinham em casa: a cabra – que já não dava leite nem cabritos; o vinho – da própria adega; o louro; o alho; o azeite e o toucinho do porco.


Ingredientes ( 8 doses)

+/- 1,5 kg de carne limpa  ( eu retirei os ossos e gorduras)
2 dl de vinho tinto de boa qualidade
0,5 dl de vinho do Porto

0,5 dl de aguardente
Sal 
Pimenta
5 colheres de sopa do tempero de azeite e alho ( AQUI )
Salsa picada Q/B
Alecrim
Tomilho
1 malagueta ou mais consoante o gosto

Preparação

Colocar num recipiente a carne limpa e todos os ingredientes, envolver e tapar. Deixar ficar no frigorifico de um dia para o outro tapado com pelicula aderente.

No dia seguinte aquecer o forno a 250º ou no máximo.
Colocar a carne e toda a marinada num recipiente te forno .
Colocar no forno quando este estiver bem quente e deixar cozinhar 20 minutos, depois baixar o calor para os 200 º e deixar cozinhar até ficar tenra a carne. Se houver necessidade de mais liquido, pode-se adicionar vinho tinto ou do Porto




Na hora de servir, polvilhar com salsa fresca .
Este prato harmonizei com um vinho alentejano Herdade do Peso, Trinca Bolota, e foi uma excelente escolha para este prato, porque os aromas deste vinho enalteceram o sabor acentuado do javali.





Nota; Hoje em dia já se consegue comprar carne de caça nos hiper, mas para quem a compra a caçadores,é preciso ter alguns cuidados adicionais, apesar dos animais serem controlados por veterinário. Eu deixo sempre a carne pelo menos 30 dias no congelador.



Bom Apetite!