Carne de cabra no forno

Hoje trago um prato que para uns é delicioso para outros nem tanto,devido ao sabor forte desta carne!
A região do país onde mais se consome carne de cabra é nas Beiras com a Chanfana, feita em caçarolas de barro e em fornos de lenha.



Esta carne é 100% Bio, criado ao ar livre em pastos naturais na minha aldeia , do que resultou uma carne de excelente qualidade e com baixo teor de gordura porque já são animais mais velhos

Ingredientes

1 perna de cabra
5 dentes de alho
1 Tomate maduro
2 dl de vinho tinto
1 dl de bebida branca 
Sal
Pimenta
0,5 dl de Azeite
Tempero para cabrito Planície D`aromas
Alecrim Ervital
Toucinho branco  ou 1 colher de sopa de banha

Preparação

Depois de limpa de gordura colocar a carne num recipiente e temperar com os alhos, 0,5 dl de azeite, o tomate picado grosseiramente , o vinho, o sal e a pimenta , a bebida branca, eu usei Gin porque acho que amacia muito a carne, e o aromáricos Alecrim e a mistura para cabrito e borrego da Planicie D`aromas tapar e deixar no frigorífico de um dia para outro.

No dia de cozinhar
Colocar a banha ou o toucinho na panela de pressão com 1 colher de azeite e deixar derreter.
Fritar um pouco a carne sem a marinada, para selar todos os sucos. Quando estiver dourada, adicionar a marinada e 0,5 dl de água para a panela , tapar e deixar cozinhar em lume médio e com a panela a apitar durante 30 minutos.

Pré-aquecer o forno
Colocar a carne e o molho num recipiente de forno e levar a cozinhar a 200º até ficar tenra sem deixar queimar. Pode-se ir regando com vinho tinto.



Bom Apetite!

Doce de Leite condensado no forno

Hoje trago uma das sobremesas que mais faço cá em casa! É simples de fazer ,é rápida  e é deliciosa! Só 2 ingredientes.


Ingredientes

1 lata de leite condensado cozido
6 ovos L ou 7 médios
Canela ( facultativo)

Preparação

Pré-aquecer o forno a 200º
Separar as gemas das claras e reservar as claras.

Modo tradicional

Colocar num tacho o leite condensado cozido e com uma colher ou vara mexer muito bem até ficar bem homogéneo. Adicionar as gemas e envolver muito bem.
Levar ao lume médio, MEXENDO sempre até ficar com consistência de pasta fluida. Deixar amornar

Bater muito bem as claras em castelo firme e adicionar o leite com os ovos, envolver com umas varas muito bem.

Verter para um recipiente  e levar ao forno cerca de 15 minutos a 200º. Deixar arrefecer completamente antes de servir.






Bimby

Colocar a borboleta e bater as claras 6 ou 7 min/ vel 4. Retirar e reservar

Sem lavar o copo colocar o leite condensado e programar 1 min/ vel 4
Adicionar as gemas de ovos e programar 5 min/ 80º/ vel 2,5 
Deixar baixar a temperatura um pouco . Retirar e com cuidado envolver às claras reservadas.

Verter para um recipiente  e levar ao forno cerca de 15 minutos a 200º. Deixar arrefecer completamente antes de servir., polvilhado com canela ou não.






Bom Apetite!

Panquecas de courgete e cenoura

Com a chegada do calor e dos passeios ao campo ou praia começamos a pensar em comida mais leve e fria. Estas panquecas são uma adaptaçao a uma receita da cookidoo.
A minha filha gosta bastante de as levar para o trabalho .


Ingredientes (6 panquecas)

1 cenoura pequena ( +/- 75 gr)
1/4 de courgete pequena (+/- 100 gr )
1 chalota
2 ovos
Salsa ou Coentros a gosto
125 gr de farinha T 55
1 colher de cafe de Royal
Sal
Pimenta
Óleo para fritar

Preparação
  1. Descascar a cenoura e cortarem pedaços. Reservar
  2. Cortar a courgette em cubos muito pequeninos ( a parte da casca) ou ralar e rejeitar para sopa ou creme o interior onde estão a sementes .Reservar
  3. Descascar a chalota. Reservar
Bimby

Colocar no copo a cenoura, a salsa ou coentros e a chalota e picar 10 seg/ vel 7.
Adicionar os ovos e envolver muito bem 10 seg/vel 3
Adicionar a farinha e o Royal e envolver 15 seg/ vel 3
Retirar para um recpiente e envolver muito bem. Deixar repousar 5 minutos

Colocar um pouco de óleo numa frigideira e quando estiver quente deitar 1 colher ,fazero formato redondo e fritar 2 minutos de cada lado.
Nota: eu gosto delas altas porque ficam humidas por dentro, se se fizerem mais finas ficam secas.



Modo tradicional

Ralar a cenoura.
Ralar  ou cortar a courgete
Picar a chalota
Envolver com umas varas todos os ingredientes.Deixar repousar 5 minutos.

Colocar um pouco de óleo numa frigideira e quando estiver quente deitar 1 colher ,fazero formato redondo e fritar 2 minutos de cada lado.
Nota: eu gosto delas altas porque ficam humidas por dentro, se se fizerem mais finas ficam secas

Bom Apetite!

Pão de centeio e trigo

Hoje trago um pão de forma de centeio e trigo ,feito com fermento natural.
Este pão dispensa qualquer apresentação quanto ao valor nutritivo, gustativo e visual, para se sentir tudo isto temos que o fazer e é mesmo fácil.



fermentação natural é a forma mais interessante, saudável e saborosa de fazer pão. Este era o processo utilizado antigamente na produção do pão, antes de Pasteur ter identificado a levedura como sendo responsável pelo crescimento da massa do pão e de ter aberto caminho para a criação de fermento de padeiro em laboratório. 
Lembro-me de na aldeia dos meus avós se  guardar geralmente um pedaço de pão de uma fornada para a outra (a chamada massa velha) e era esse pedaço de massa que servia de fermento. Hoje  para fazer pão caseiro de fermentação natural mantemos vivo um isco

Ingredientes

100 gr de fermento natural ( AQUI
300 gr de água
200 gr de farinha de centeio T85
200 gr de farinha de trigo T 65
8 gr de sal

Preparação

1ª etapa
Colocar num recipiente que se possa tapar, tipo uma caixa , a água e o fermento natural, mexer muito bem com as mãos ou colher.
Adicionar a farinha toda e envolver muito bem. Deixar repousar 1 hora.

2ª etapa
Adicionar o sal com uma colher de sopa de água e misturar muito bem , amassando um pouco. Deixar repousar 1 hora

3ª e 4ª etapa
Pegar com as mãos num dos lados da massa e esticar e dobrar sobre ela propria, repetir todos os lados da massa. como se fosse envelope.

5ª etapa
Deixar levedar 6 horas tapado .

Até esta fase, eu costumo fazer na véspera.



6ª fase, moldar o pão com o formato que se pretende e colocar no Banneton ou na forma onde vai cozer, e deixar levedar mais 3 ou 4 horas.

Na forma, usei a minha da Tescoma que é excelente! 

Pré-aquecer o forno a 250º
Quando estiver bem quente, colocar o pão lá dentro e deixar cozer 30 a 40 minutos a 220º







Bom Apetite!







Fermento natural, ou Levain ou Sourdough

Hoje mostro como se pode fazer um fermento natural desde o inicio.
É demorado, mas depois compensa porque dura muito tempo sem se ter que fazer novamente.
Tive algumas tentativas falhadas, quer pela falta de paciência quer pela receita menos adequada e conseguida.
Esta receita que trago hoje , retirei do livro «LE LAROUSSE DU PAIN», com uma qualidade indiscutível.

Ingredientes ( 500 gr )

 140 gr de farinha de centeio T 80, ou T 130
100 gr de farinha de trigo T 65
10 gr de Mel
240 gr de Água


Estas quantidades são para a totalidade do fermento, que demora a preparar 4 dias ( 4 ETAPAS)

1º Dia
Num frasco com alguma capacidade, colocar 20 gr de farinha de centeio, 20 gr de água e 5 gr de mel. Mexer bem. Cobrir com um tecido como linho ou algodão e deixar repousar 1 dia ( 24 horas) num local abrigado com temperatura a rondar os 22 º. Fazer uma marca com uma caneta ou lápis no frasco para ver o desempenho do fermento

2º Dia
Se se reparar, formaram-se algumas bolhas, é sinal que as leveduras estão a trabalhar.
Nesse frasco adicionar 40 gr de farinha de centeio, 40 gr de água e 5 gr de mel, envolver e misturar tudo muito bem, para homogeneizar o fermento. Tapar com o linho ou algodão e deixar repousar novamente no mesmo local durante 1 dia.

3º Dia
No mesmo recipiente adicionar 80 gr de água, 80 gr de farinha de centeio e mexer para envolver. Voltar a tapar com o tecido escolhido e deixar repoisar mais 1 dia.



4º Dia, ultimo dia de preparação
Quase a terminar, o fermento cresceu bastante, as marcas foram subindo.
Neste dia vamos adicionar ao fermento 100 gr de farinha de trigo e 100 gr de água. Mexer e envolver muito bem. Deixar repousar as 24 horas e está pronto a usar.




Se não se for usar com frequência, devemos tapar herméticamete e guardar no frio.
 Caso se faça pão com regularidade, como cá em casa devemos refrescar e usar.

Todos os dias ou de 2 em 2 dias devemos refrescar o fermento:
Pesar a quantidade que temos no frasco e adicionar METADE do peso em ( farinha de trigo ou de centeio e água), por exemplo: se temos 100 gr de fermento, devemos adicionar 25 gr de água + 25 gr de farinha. e deixar repousar tapado com o pano.


Bons Pães

Alheira frita

Confesso que sempre tive dificuldade em fazer alheira sem rebentar... e depois vinha a frustração!
Há uns tempos convenci um cozinheiro a ensinar-me a fazer , e afinal é tão simples!


Agora há alheiras de toda a qualidade  e esta empresa certificada tem alheiras deliciosas, de caça , vegetarianas ,Ligth e muitas outras.

Ingredientes

1 alheira Light  Eurofumeiro 
Óleo de girassol ou azeite
1 maçã

Gosto muito de maçã com alheira, devido ao contraste do doce e do ácido da maçã com o sabor inconfundível da alheira.

Preparação

Colocar numa frigideira óleo ou azeite suficiente para cobrir todo o fundo . Levar ao lume a aquecer bem.

Fazer um corte como mostra o video em toda a lateral da alheira.



Colocar a alheira na frigideira com o óleo quente e deixar fritar 3 minutos de um lado, virar e deixar fritar 3 minutos do outro. Se reparar a pele solta-se completamente e a alheira ficou inteira!


O corte lateral



Servi com maçã laminada e arroz de grelos!

Bom Apetite!


Quiche

Como o calor está a chegar, as refeições mais leves e frias começam a aparecer na minha mesa!
Cá em casa adoramos quiches porque se podem variar os ingredientes e comemos sempre algo diferente. 
Estas refeições frias também são excelentes para a marmita ir composta com uma refeição nutritiva e simples de comer no trabalho ou escola.


Ingredientes

1 peito de frango
150 gr de bacon
100 gr de cogumelos laminados
100 gr de espinafre baby
1 mozzarella fresca
200 gr de natas light
3 ovos
1 massa folhada
Sal
Azeite
Ervas de Provence, Planície d`Aromas

Preparação

Pré-aquecer o forno a 180º.
Forrar uma tarteira com a massa folhada . Reservar

Cortar o peito de frango em pedaços pequeninos, temperar com sal e ervas de Provence. Reservar
Cortar o bacon em pedaços ( cubos) pequeninos. reservar
Cortar a mozzarella em cubos pequenos. Reservar

Colocar um pouco de azeite numa frigideira ( sauté) e fritar muito bem os cubos de frango até ficarem dourados. Retirar e reservar.
No mesmo azeite, saltear o bacon. Quando estiver quase adicionar os cogumelos e deixar cozinhar alguns minutos.
Adicionar as folhas de espinafre e deixar cozinhar 5 minutos em lume baixo.
Adicionar o bacon e o frango reservado e envolver para misturar tudo.
Bater os ovos com umas varas e adicionar as natas, envolver muito bem e verter sobre todos os ingredientes na frigideira, envolver muito bem.
Retirar do lume, e colocar na tarteira sobre a massa folhada, distibuir os cubos de mozzarella e levar ao forno cerca de 15 minutos a 180º Verificar se o recheio ficou cozido.






Bom Apetite!








Iogurte grego caseiro

Há muito tempo que como um iogurte diariamente, e sou sempre eu que faço, assim posso adicionar o que quero ou então fazer simples.
Ficam económicos,os iogurtes custam cerca de € 0,30 cada




Ingredientes [7 iogurtes]

800 de leite Vigor gordo
1/2 lata de leite condensado light
1 iogurte natural

Preparação

Bimby
Colocar no copo da bimby,o leite condensado e o iogurte,envolver 10 seg /vel 3
Adicionar o leite e programar 5 min/ 40° / vel 2,5
Verter para os copos da iogurteira, e deixar durante 8 horas. Os copos na iogurteira ficam destapados.
Colocar as tampas nos copos e levar para o frigorifico.

Modo tradicional

Colocar num tacho o leite condensado e o iogurte, envolver muito bem.
Adicionar o leite e envolver, aquecer um pouco e verter para os copos da iogurteira.
Colocar na iogurteira destapados e deixar fermentar 8 horas.

Tapar e colocar no frigorífico.

Adoro os iogurtes simples, com cereais ou fruta fresca.




Bom apetite!