quinta-feira, 8 de março de 2018

Moamba de galinha

Hoje vou fazer mais uma viagem, desta vez até África, em particular a um Palop, que nos trouxeram e ensinaram este maravilhoso prato! Moamba de galinha.
É tão simples de preparar ,cheio de cor e com um sabor ao sol e calor de África que adoro!



Ingredientes

1 galinha com pele.
500 gr de quiabos
1 cebola grande
1 folha de louro
2 colheres de sopa de tomate picado ou polpa
1 colher de sopa de massa de pimentão
3 colheres de sopa de óleo de palma ou déndém
Azeite para refogar a cebola
1 malagueta
Sal e pimenta a gosto

Funge ou Pirão
1 litro de água
2 colheres de sopa de azeite
Sal
350 gr de farinha de mandioca

Este modo de preparar a Moamba aprendi com uma prima que esteve em Angola e Moçambique.

Preparação

Modo tradicional
Costumo preparar a mandioca na bimby e a galinha no modo tradicional


  • Cortar os quiabos em rodelas com 1 cm de largura.Reservar
  • Cortar a malagueta em rodelas. Reservar
  • Picar a cebola e colocar num tacho com o azeite a refogar um pouco, não deixar queimar.
  • Adicionar a galinha e a mexer sempre, deixar fritar e ganhar um pouco de cor dourada.
  • Adicionar o tomate picado e a massa de pimentão, temperar com sal e pimenta e mexer .
  • Adicionar o óleo de palma e a malagueta.
  • Reduzir o lume e deixar cozinhar, mexendo de quando em vez.


NÃO acrescentar água. Se se observar que está a ficar sem molho, adicionar mais óleo.

Mandioca ( modo tradicional)
  


Colocar a água com sal e o azeite num tacho. Quando ferver, vai-se adicionando a farinha aos poucos e sempre a mexer para não ganhar grumos. Se por acaso isso acontecer, antes de servir tritutrar com a varinha mágica.

A textura é a gosto.

Bimby
Pesar a farinha de mandioca e reservar
Colocar no copo a água com o sal e o azeite. Programar 10 min/ 90º/ vel 2
Adicionar a farinha de um só vez e programar 30 seg/ vel 6. 
Servir de imediato com a galinha


Este tardicional prato angolano foi harmonizado com um  vinho da Região demarcada do Dão, Grão Vasco Tinto, com notas de prova:



Notas de Prova Grão Vasco Tinto 2016 é um vinho de cor vermelho rubi muito viva. O aroma jovem e intenso a morangos, amora e cereja, as nuances balsâmicas e os toques florais, tornam o vinho muito agradável num aperitivo, mas também a acompanhar uma refeição. É um vinho muito suave e guloso, com volume médio, tanino redondo e uma frescura harmoniosa e viva. 



Bom Apetite!